Fala Werneck

tbrdefevereiro

 

Já fiz minha escolha de leituras para fevereiro, confiram as sinopses:

 

Mortos não contam segredos – Karen M. McManus

Por trás das cercas brancas e dos gramados perfeitos da pacata cidadezinha de Echo Ridge, há segredos de natureza obscura. Ellery conhece as histórias a respeito da cidade natal de sua mãe e sabe que ali garotas desaparecidas não voltam para casa. Cinco anos atrás, a rainha do baile foi assassinada e o culpado jamais foi preso. Sua tia também foi uma das vítimas quando ainda era adolescente, mas a mãe pouco fala sobre isso, preferindo mascarar o luto com bebidas e remédios.

Quando o vício culmina em uma internação na clínica de reabilitação, Ellery e seu irmão gêmeo, Ezra, se mudam para a casa da avó em Echo Ridge e passam a testemunhar em primeira mão a sinistra fama da cidade.

 

Duas mulheres da Galileia – Mary Rourke

Joana, esposa de Cuza, procurador-chefe do tetrarca Herodes, leva uma vida de luxo na cidade de Séforis, centro político da Galileia. No entanto, nem mesmo os melhores médicos conseguem curá-la da tuberculose que a aflige desde a infância.

Quando Joana vê Jesus de Nazaré cercado por uma multidão que exalta seu mais recente milagre, começa a pensar que ele talvez possa salvar sua vida. Maria, mãe de Jesus, é sua prima distante, mas elas estão afastadas desde que a família de Joana abandonou a lei judaica para seguir os costumes romanos. No intuito de pedir à prima que a ponha em contato com seu filho, Joana toma a estrada empoeirada rumo à Nazaré.

Na busca por encontrar a cura para seu corpo, ela acaba encontrando também iluminação para sua alma por meio da amizade com Maria e da conversão a seguidora de Jesus.

 

Uma escada para o céu – John Boyne

Maurice Swift e um homem bonito, charmoso e sedento por sucesso. A única coisa que lhe falta é talento, mas ele não deixará que esse mero detalhe atrapalhe seu caminho. Afinal, um aspirante a escritor pode encontrar inspiração em qualquer lugar – mesmo que tenha que se apropriar das histórias dos outros. Trabalhando como garçom num hotel de Berlim Ocidental em 1988, Maurice se vê diante da oportunidade ideal: um encontro fortuito com o famoso autor Erich Ackermann. Ele logo cai nas graças do consagrado (mas desesperadamente solitário) romancista e descobre um terrível segredo sobre suas atividades durante a guerra – o material perfeito para um primeiro romance.

Depois de alcançar a fama literária, Maurice sabe que nada o fará desistir de manter essa sensação de poder. Passando pela costa Amalfitana, por Manhattan e por Londres, o pseudoescritor seguirá cultivando sua capacidade de iludir e manipular, usurpando pessoas talentosas e vulneráveis na sua cínica escalada para o topo. Porém, quanto mais alto o voo, maior é a queda…

 

Para cima e não para o norte – Patrícia Portela

“Para cima e não para o norte” baseia-se na história verídica de um Homem Plano e do seu percurso pessoal para se tridimensionar.

O Homem Plato é um super-herói, que se descobre com apenas duas dimensões e se desafia a conquistar uma terceira, passando por várias noções de perspectivas.

 

Escola de contos eróticos para viúvas – Balli Kaur Jaswal

Filha de imigrantes indianos, Nikki passou a maior parte de seus vinte e tantos anos distanciando-se da tradicional comunidade sikh, preferindo uma vida mais independente e, em outras palavras, ocidental. Quando a morte de seu pai deixa a família financeiramente desestruturada, Nikki se habilita a dar aulas de escrita criativa em um centro comunitário no coração da comunidade punjabi em Londres.

Logo no primeiro dia de trabalho, Nikki descobre que, na verdade, as viúvas sikh que aparecem para o curso estão esperando aprender alfabetização básica em inglês, e não a arte de escrever contos. Nikki está prestes a desistir da tarefa quando um livro erótico cai no colo das alnas e causa um furor na sala de aula. A jovem professora percebe que, por baixo de seus sáris brancos, elas têm uma riqueza de fantasias e memórias. Ansiosa por libertar essas mulheres, Nikki as ensina a escrever suas histórias não contadas, desencadeando um processo criativo inesperado – e perigoso.

 

Comentários (1)

  1. What’s up, just wanted to tell you, I enjoyed this blog post.
    It was inspiring. Keep on posting!