Fala Werneck

einstein

Trechos

“O coração está dividido. Com uma metade, o homem ama a si mesmo; com a outra, ama os outros.”

 

“Conhecer-se é uma história de amor e descoberta que exige muita dedicação.”

 

“Amamos tal como somos.”

 

“Amar é uma atitude, uma vez que implica sentir, fazer e viver.”

 

“A eternidade vive no presente.”

 

“Viktor Frankl disse que ‘a vida de cada pessoa é uma sucessão de oportunidades únicas para alcançar um sentido’.”

 

“[…] não são os acontecimentos que nos deixam felizes ou infelizes, mas a forma como os interpretamos.”

 

“Não há papéis pequenos, só atores pequenos.”

 

“Não pergunte a ninguém o que deve fazer com a sua vida, pergunte a si mesmo.”

 

“Nossa capacidade de acreditar é o marco da nossa vida e determina o nosso raio de ação.”

 

“Tenha bons sonhos… com olhos abertos e disposição de agir sem demora.”

Fotor_153623459366050

A leitura do primeiro capítulo mostrou se tratar de uma história adolescente que me fez lembrar do Diário da Princesa; por ter uma nerd que ninguém nota, uma garota popular esnobe e uma diretora compreensiva.

 

Essa menina parece se envolver ocasionalmente em “acidentes” com fogo. Mesmo sem ter uma relação direta, todo esse incidente na aula de química me fez lembrar de uma vez que a Mia “jogou” sorvete na Lana.

 

Enfim, parece uma leitura leve e rápida. Talvez leia um dia (visto que minha wishlist de leitura está “um pouquinho” grande)…

tbrsetembro

Escolhas de setembro!

 

O quarto em chamas – Michael Connelly

Entre os casos não resolvidos da polícia de Los Angeles, não é comum que a vítima morra uma década depois do crime. Então, quando um homem falece em decorrência das complicações de uma bala perdida que o atingiu há dez anos, o detetive Bosch é designado para trabalhar em um caso cujo cadáver é recente, mas as demais provas estão praticamente desaparecidas. Com sua nova parceira, a jovem detetive Lucia Soto, Bosch precisa resolver um crime complexo, envolto em esquemas políticos.

A partir da bala alojada na coluna da vítima, eles deverão desenterrar informações antigas e perigosas, que revelam que talvez o tiroteio não tenha sido tão acidental quanto parecia ser.

 

Crer ou não crer – Pe. Fábio de Melo e Leandro Karnal

O que pode dizer um homem que fez o voto de se dedicar a Deus a outro que está plenamente convicto que Deus não existe? O que pode ouvir um crente de um ateu? O que um ateu pode aprender? São questões assim que guiaram o encontro entre o padre Fábio de Melo e o historiador Leandro Karnal e resultaram neste livro. Um debate rico e respeitoso entre um cético e um católico que oferece uma referência importante aos brasileiros crentes e não crentes.

Com coragem para provocar um ao outro e humildade para aceitar os argumentos, os autores discutiram pontos fundamentais como, por exemplo, se o mundo é melhor ou pior sem Deus e se a religião ajuda ou atrapalha. Questionaram o quanto a fé faz falta e discutiram as esperanças, os medos e a morte no horizonte de quem crê e de quem não crê. Não se prenderam à tradicional polêmica da existência de um Deus. Fora muito além para tentar entender o que faz uma pessoa acreditar e confiar em uma vida eterna e o que leva outra a duvidar e renunciar ao conforto de uma religião.

 

Viver em paz para morrer em paz – Mario Sergio Cortella

Se você não existisse, que falta faria? Para responder a essa pergunta, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella discute o que é importante na vida. Não é ser famoso nem acumular coisas e propriedades, em uma obsessão consumista. Importante é ser importante para alguém, ou seja, fazer falta para alguém.

 

À sombra de Romeu e Julieta – Melinda Taub

Descubra o que aconteceu após a morte trágica de Romeu e Julieta, conforme figuras misteriosas em Verona se revelam determinadas a reacender o conflito entre os Montecchio e os Capuleto.

Apesar da paz estabelecida após a tragédia, a antiga rixa entre as famílias se recusa a morrer: quinze dias depois, membros das duas casas estão mais uma vez brigando nas ruas.

Ao se deparar novamente com o ódio entre os dois clãs, o príncipe Escalo conclui que a única maneira de selar a paz é casar um Montecchio com um Capuleto. Mas Benvólio e Rosalina, o casal escolhido, não estão interessados em matrimônio. Ao contrário de seus falecidos primos, não há amor entre os dois, então eles encontram um objetivo em comum: resolver o conflito entre as famílias de maneira que não termine com ambos no altar.

Mas, assim como Romeu e Julieta antes deles, Rosalina, Benvólio e o príncipe Escalo estão prestes a descobrir que o caminho para a paz é tortuoso – e que em Verona o verdadeiro amor se encontra nos lugares mais inesperados.

 

Uma noite com Audrey Hepburn – Lucy Holliday

A atriz Libby Lomax encontrou um refúgio no mundo dos filmes clássicos, nos quais as deusas imortais favoritas da tela parecem oferecer muito mais romance do que a vida real.

Depois de um dia terrível no set de filmagens, onde ela passou a maior vergonha de todos os tempos na frente do elenco inteiro e, pior, do astro sexy e notório bad boy Dillon O’Hara, tudo o que Libby consegue fazer é se jogar no sofá e assistir a Bonequinha de luxo pela milionésima vez.

De repente, ela se surpreende ao ver a estrela do cinema, Audrey Hepburn, sentada bem ao seu lado, em seu vestidinho preto, clássicos óculos escuros e cigarrilha vintage, cheia de conselhos para dar.

Mas será que Libby realmente é capaz de transformar sua vida de fracasso em um incrível blockbuster? Talvez, mas com um pouquinho da ajuda mágica de Audrey, ela até consiga…

umacurvanotempo

Trechos

“Seriam apenas três dias, e então eu estaria de volta ao meu apartamento, pronta para me perder outra vez no anonimato de uma cidade grande.”

 

“Parecia estranho que os laços que eu pensara que nos uniriam para sempre não tivessem se provado tão resistentes quanto eu imaginara.”

 

“Eu tinha ido até ali na esperança de dar voz a todos os meus sentimentos, mas nenhum deles conseguia atravessar a onda fervilhante de dor que me arrastou.”

 

“Ergui os olhos, na esperança de que ele conseguisse enxergar neles tudo o que eu não havia conseguido dizer.”

 

“Virei-me para a janela molhada de chuva para que ele não pudesse ver o sorrisinho ridículo que suas palavras haviam colado em meu rosto.”

 

“Para ter alguma paz de espírito, precisava entrar naquele apartamento e me certificar de que não havia ali vestígios ocultos da minha vida perdida.”

 

“De repente, a jornada para procurar as respostas não parecia tão assustadora, agora que eu sabia que não estava sozinha.”

 

“É impossível ficar de mau humor quando se está enfeitando uma árvore de Natal.”

 

“De repente, os galhos se afastaram num movimento rápido e fitei o homem que acabava de mudar toda a minha ideia do futuro.”

 

“Minhas últimas incertezas começaram a ruir à medida que ele falava.”

 

“Sorri ao notar que mesmo o que era comum ganhava um manto branco de beleza.”

 

“Como nos conhecíamos desde sempre, eu tinha imaginado que nossa relação seria um fogo mais brando, não a combustão violenta pela qual ambos ansiávamos em nos deixar consumir.”

 

“Não existe garantia de nada na vida, Rachel. Acidentes e doenças acontecem, não podemos fazer nada em relação a isso.”

libertemeucoracaomegcabot

Trechos

“É claro, uma coisa era ser admirada pela aparência, pois não se podia controlar, outra era receber um elogia acerca de uma habilidade.”

 

“O ruído em seus ouvidos não era o som das chamas atrás dela, mas parecia vindo de dentro da própria cabeça de forma muito vívida, conforme se lembrava de uma cena não muito diferente dessa que acontecera exatamente um ano antes.”

 

“-Não sei. Apenas não faça isso. Venha para casa comigo. Venha para casa comigo e me ame como eu amo você.”

 

“-Bem, cavalheiros – disse ele, dando risada. – Vejo que já conheceram minha esposa.”

nuncajamaisparte2colleentarryn

Trechos

“Por mais que esteja tentando parecer forte, sei que lá no fundo seu coração se aperta diante de uma injustiça.”

 

“Eu me pergunto o que as pessoas fazem quando não têm para onde ir e quando não precisam estar em lugar algum.”

 

“Nunca se esqueça aqueles que abriram caminho antes de você. Nunca pare de tentar melhorar o mundo para quem vai morar nele depois.”

 

“Eu daria tudo para recuperar essa lembrança, para saber como nós dois éramos quando nos amávamos tanto a ponto de acreditar que duraria para sempre.”

ocontodaaia

Os dois primeiros capítulos puderam mostrar que trata-se de uma distopia, aconteceu algo com o nosso mundo que fez as coisas mudarem drasticamente.

 

As mulheres parecem ser divididas em grupos que têm funções diferentes nessa sociedade.

A jovem que irá contar a história sabe que sua “função” não deve ser fácil, visto o grande esforço deles para não deixar acessível nenhuma forma de escape para a morte…

 

Ela fica pensando se o quarto das outras meninas é igual ao dela. Quando estavam juntas no ginásio, mesmo sem poder conversas as garotas encontravam formas de se comunicar, de interagir.

Mas agora ela se vê sozinha, com roupas específicas, em uma casa que não lhe é familiar e pelo visto nunca vai ser.

 

O livro promete um drama sério envolvendo mulheres; sua situação nessa sociedade e sua visão sobre as outras mulheres.

 

Alguns livros tratam de uma maneira diferenciada de assuntos sérios e delicados envolvendo mulheres, pois além de debater a posição da mulher naquele ambiente também aborda a maneira como as mulheres se veem e se julgam quando em situações desse tipo, pertencem a grupos diferentes.

 

Esse parece ser um desses livros.

 

Mais um que vai para a wishlist! 😉

nuncajamaiscolleentarryn

Trechos

“Que estranho ser feita de carne, se equilibrar em ossos e ter uma alma que nunca conheci.”

 

“A única coisa familiar que tenho em um mundo de inconsistência e confusão.”

 

“Quero lembrar como é amar alguém desse jeito. E não qualquer pessoa.”

 

“Sorrio e me pergunto se sou sempre assim, se me recuso a tirar uma simples foto por saber que com um pouco de esforço o resultado pode ficar excepcional.”

 

“Fico observando seu sorriso por tempo suficiente para não esquecer, depois me viro e vou embora.”

 

“Encontre-a. A primeira coisa que você precisa fazer é encontrá-la. Por favor.”

tbragosto

 

Minha TBR de Agosto é cheia de amor, com duas escritoras que adoro e outras duas que irei conhecer!

 

Fique comigo – Ayòbámi Adébáyò

Yejide espera por um milagre. Um filho é tudo que seu marido deseja, tudo que sua sogra consegue pensar, mas a gravidez parece para ela uma realidade distante. Mas, quando a família insiste que seu marido aceite uma nova esposa, Yejide chega ao limite.

 

Quando o amor bater à sua porta – Samanta Holtz

Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.

Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.

O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.

 

Recordação Mortal – Nora Roberts

Eve Dallas é uma tira durona. Ela consegue enfrentar batedores de carteiras, traficantes de drogas e assassinos da pior espécie. No entanto, quando Trudy Lombard, uma senhora aparentemente inofensiva, chega à Central de Polícia, Eve mal consegue se manter de pé. No mesmo instante, surgem na mente da policial recordações do tempo em que era apenas uma menina frágil e traumatizada, aprisionada em um lar adotivo e subjugada a mulher cruel que, neste momento, encontra-se sentada, sorrindo, em frente a ela.

 

Liberte meu coração – Mia Thermopolis – Meg Cabot

Ele é um cavaleiro alto e admirável, e esconde um segredo.

Ela é uma linda aventureira, com mais do que alguns poucos segredos a esconder também.

Finnula precisa de dinheiro para o dote de sua irmã, e rápido.

O conde Hugo Fitzstephen, que está voltando das Cruzadas para seu castelo na Inglaterra, tem muito dinheiro, ouro e joias.

O que seria mais simples do que sequestrá-lo e pedir um resgate?

Principalmente se ele está tão disposto a se deixar apanhar por uma captora tão bela…

Bem, seria simples se Finnula não cometesse o erro de se apaixonar por seu refém, somente para descobrir que ele esteve mentindo sobre sua identidade desde o início – assim como ela.

Agora, Finnula Crais está no céu… ou no inferno?

semesperancacolleenhoover

Trechos

 

“Talvez estivesse com medo de que a câmera capturasse permanentemente algum sentimento sincero.”

 

“Penso demais no passado e penso no que deveria ter feito e em tudo o que fiz de errado e nunca olhei para frente na vida, nenhuma vez.”

 

“E por mais que essa palavra soe perfeita, por mais que descreva com perfeição o momento que estamos vivendo, sei que é mentira.”

 

“Se eu tinha uma alma antes de ouvir essas palavras, ela acabou de se partir em duas.”

 

“Pela primeira vez desde o segundo em que ela foi levada de mim, finalmente sinto que fui perdoado.”

 

“- Você sempre esteve comigo, sabia? Mesmo quando eu não conseguia me lembrar das coisas… você sempre estava comigo.”