Fala Werneck

@fala.werneck_resenhaacima

 

Editora: Flyve.

Páginas: 328.

 

As pessoas surpreendem

 

“Acima do bem e do mal” é um romance, inspirado em uma série turca, que já conquista o leitor nos primeiros capítulos.

 

Na história iremos acompanhar a delegada Alina em sua constante queda de braço com o mafioso Leonardo.

 

Eles estão em lados distintos da lei, mas após uma tentativa dela de prendê-lo, tudo muda. O chefe da máfia turca quer acabar com a vida dela agora e o Leonardo faz uma proposta louca (que parece a única solução no momento).

 

Começamos assim a perceber o envolvimento cada vez maior entre eles; e como aos poucos ela vai desconstruindo a imagem que tinha dele. Além de constatar que o homem é muito mais do que ela poderia imaginar e tem preocupações e responsabilidades que a Alina vai começar a entender muito bem.

 

O perigo vai aumentando e a história vai evoluindo de uma maneira que nos envolve em certas partes e angustia em outras. (E a gente fica querendo saber se os maiores problemas acontecerão enquanto eles estiverem no Brasil ou na Turquia.)

 

A obra fala muito de amor, de família, responsabilidades e nos desafia a pensar sobre o quanto estaríamos dispostos a arriscar para proteger quem amamos.

 

Também é interessante analisar a variedade de personagens masculinos e as suas distintas personalidades.

 

Leonardo, Lucas, Rafael, Hilal e Zeki.

 

Leonardo e Rafael são os que conquistam o coração do leitor logo nos primeiros capítulos.

 

Lucas é “um pouco” controverso.

 

Hilal se torna mais odiável e assustador à medida que descobrimos tudo que ele é capaz de fazer.

 

E o Zeki… Esse causa sentimentos distintos (raiva, pena…).

 

Já as mulheres são intensas, fortes, que vão descobrindo um pouco mais sobre si mesmas a cada situação que vivem. (Mas, claro, tem uma que não entra nesse “grupo” e nela a gente gostaria de dar uma sacudida.)

 

Alina é poderosa e a Sulamita está só começando a descobrir quem verdadeiramente é.

 

Uma história que te faz querer procurar a série e ver se é boa assim também.

 

Você conhece as séries turcas?

 

Gosta de histórias ambientadas em dois países?

 

Já leu algum livro da Flyve?

@fala.werneck_resenhaanoite

 

Editora: Gruidher.

Páginas: 84.

 

A vida dá oportunidades

 

Você já pensou em quantas histórias e quantas vidas existem e passaram pelos caminhos que você percorre e nem percebe?

 

Davi é um advogado, que se tornou presidente da empresa onde trabalha, e em uma noite diferente encara muitas verdades sobre si mesmo.

 

Através de uma jornada de autodescoberta, o personagem principal começa a constatar quantos equívocos tem cometido e quantos erros precisam ser reparados.

 

O leitor irá conhecer nessa história uma mistura de realidade cotidiana com elementos fantásticos.

 

Um homem está saindo do trabalho, mas aquela não é uma noite comum, é a mais escura do ano… E quando ele sai do prédio e se perde inexplicavelmente, verdades sutis e permanentes são reveladas.

 

A vida tem o poder de impressionar, surpreender, chocar… Só que ela também permite novas chances, aprendizados e nos ajuda a evoluir e também sermos pessoas melhores.

 

No entanto, é preciso estar atento, receptivo, se permitir olhar para o outro verdadeiramente. Quantas vezes passamos por outras pessoas sem perceber quem são, como estão ou sequer notar que elas estão ali?

 

A distração e a indiferença são grandes problemas da nossa sociedade e isso nos afasta cada vez mais.

 

A autora nos mostra com delicadeza como essa indiferença pode se tornar arrependimento quando é percebida; e com isso evidenciar que não somos tão diferentes assim.

 

Todo mundo, em algum momento, já deixou de retribuir um cumprimento; já quis uma nova chance para agir diferente; descobriu que poderia ter feito um pouco mais; desejou ter tentado ser mais sensível e empático.

 

Somos humanos, vamos falhar, é normal.

 

O importante é reconhecer esses equívocos e tentar fazer diferente.

 

O Davi tem uma noite cheia, impressionante e repleta de companhias diferenciadas que o fazem perceber o quanto pode melhorar e que tudo isso começa com pequenos gestos, algumas palavras e a sensibilidade da alma.

 

O catador de papelão mostrou que eles não são tão diferentes assim, ambos têm histórias, destinos e tentam viver a vida como podem.

 

A florista evidenciou a frieza que ele tinha em tantas situações e como isso é trágico.

 

Os músicos mostraram que a vida continua, mesmo com as perdas. E a gente precisa aprender a seguir buscando os instantes de alegria.

 

Uma obra que nos faz querer saber muito mais sobre vários personagens, como a florista.

 

Além de lembrar que o tempo passa e as oportunidades também… Se não fizermos algo, pode ser tarde para tentar de novo. Mas a primeira jornada, e mais transformadora, é para dentro de nós mesmos.

 

Por isso, a hora de começar é agora.

 

@fala.werneck_aconteceuresenha

 

Editora: Rico.

Páginas: 57.

 

Renovação do Casamento

 

A escritora Janaina tem criado contos temáticos que são ambientados em eventos na mansão da Ana Maria de Carvalho, uma socialite que adora festas expansivas.

 

Desta vez, nós iremos conhecer o casal Eduardo e Sofia, que está passando por problemas no casamento e encontra nessa festa uma oportunidade de se redescobrir.

 

Mesmo casamentos construídos com amor podem ser abalados pela vida cotidiana, que pode afastar e sobrecarregar qualquer um…

 

Eduardo é um homem que fez sucesso quando surfava, mas hoje se dedica aos filhos e à casa; enquanto Sofia é uma mulher bem-sucedida e influente no mercado de joias, mas que não consegue se conectar com os filhos e o marido.

 

No entanto, ainda que o amor exista, eles não estão conseguindo se entender. Até que, na festa, a Sofia e o Eduardo encaram uma situação que mostra para eles o momento certo para tomar uma atitude: o agora.

 

Um conto curtinho que nos mostra a importância da conversa e de mostrar o que você sente para assim conseguir viver bem e de forma mais completa com as pessoas que você ama.

 

@fala.werneck_resenhameuconto

 

Edição Independente.

Páginas: 151.

 

A vida é feita de amores

 

Falar sobre os relacionamentos nem sempre é simples, especialmente para quem está no final da adolescência aprendendo a lidar com tantas emoções intensas.

 

A escrita da autora é divertida e, por ser uma história real, nos cativa ainda mais.

 

Ela consegue mostrar bem a intensidade dos sentimentos na juventude, as dúvidas, os amores com seus encontros e desencontros…

 

Mas a vida realmente não é um conto de fadas, então aos poucos vamos amadurecendo e entendendo o que importa, como as situações nos afetam e como despertamos com o tempo sentimentos que nem conseguiríamos imaginar anteriormente.

 

Uma história que mostra um príncipe que não é como você costuma imaginar, mas tem a capacidade de surpreender da mesma forma.

 

Além disso, encaramos de forma singela a realidade da vida: todo mundo tem dúvidas, todo mundo erra.

 

No entanto, quando a gente sente e se importa, a gente tenta, persiste, busca entender e construir algo especial.

 

E, no fim do dia, é isso que permanece.

 

O nosso amor, que pode ser despertado de diferentes formas e merece ser muito bem cultivado para florescer em sua plenitude.

 

Um livro que vai fazer o leitor torcer, ficar na dúvida também, lembrar da época do Orkut e esperar que tudo se acerte no final.

 

Porque corações apaixonados merecem.

 

@fala.werneck_resenhaasoma

 

Editora: Faro Editorial.

Páginas: 175.

 

Sensibilidade é tudo

 

Os livros da Fabíola são incríveis, daqueles para serem degustados aos poucos, como uma dose diária de aconchego e amor.

 

Com crônicas reflexivas inspiradas em livros, filmes e situações cotidianas, a autora nos faz pensar sobre a nossa própria vida.

 

O que é importante, o que temos construído, quem estamos nos tornando…

 

Amadurecer não é fácil, encarar que a vida irá tem ensinar muitas coisas pela dor é angustiante…

 

Mas essa é a vida, composta por dias doces e amargos, encontros e desencontros.

 

Em mais uma obra repleta de delicadeza, a Fabíola nos lembra que não devemos nos julgar com tanto ímpeto, lembrando que o tempo nos ensina muito.

 

Por isso, precisamos respeitar as fases, aceitar que algumas respostas nunca chegarão e que muitas outras estão dentro de nós mesmos.

 

Se sentir sem rumo faz parte, todo mundo já se sentiu assim em algum momento (ou em vários). O importante é continuar tentando, acreditando, aprendendo.

 

As rasteiras da vida podem, às vezes, desestruturar tudo; mas então o tempo segue e mostra o quanto aquilo representou um aprendizado e você pode ter a oportunidade de entender o valor da paciência, a força da fé e como tentar viver melhor.

 

Tanta coisa nos forma e o título do livro já nos diz o quanto os sentimentos importam.

 

E quando a gente entende que cada um sente e percebe da sua própria forma, é hora de aprender a respeitar e aceitar que cada pessoa tem os seus ciclos, o seu tempo, a sua trajetória.

 

Você já consegue se entender?

Você tenta entender o outro?

 

Se ainda não está pronto para isso, não se cobre tanto. Alguns “amigos” estão aí pelo mundo para ajudar: o tempo, a fé, a sensibilidade e o amor.

 

Basta abrir os olhos da alma.

 

Compre o livro na Amazon: https://amzn.to/3y8v4FJ

@fala.werneck_resenhament

 

Editora: Faro Editorial.

Páginas: 317.

 

Não subestime uma faísca

 

“Mentiras Incendiárias” é um thriller angustiante sobre cinco amigos que em um momento de imprudência causam um incêndio que toma proporções catastróficas e muda para sempre a relação que eles possuem.

 

Um vínculo de amizade que parece inquebrável é posto à prova quando o segredo sobre o incêndio começa a pesar entre eles.

 

Jovens podem ser inconsequentes, fazer escolhas por impulso e se arrepender depois. Mas o que importa é se (e quando) eles decidem contar a verdade e como lidam com ela.

 

Hannah é a filha do xerife e a que mais conhece as penalidades para os crimes envolvendo incêndios florestais. Sua relação com o pai possui uma fissura por causa do que aconteceu no passado com a mãe e a forma como o pai lidou com tudo.

 

Luke é um jovem com fama de problemático, que enfrenta muitas dificuldades em casa pelo descaso da mãe com ele e o irmão mais novo.

 

Drummer é o jovem com potencial que não liga para um futuro acadêmico.

 

Mo é a estudiosa, que sempre pensa nos outros e tenta ajudar como pode.

 

E Violet, a jovem rica que só aparece na cidade nas férias de verão, mas faz parte do grupo e possui um grande vínculo de amizade com os outros, mesmo que sua vida cotidiana seja bem diferente da deles.

 

Conforme os dias vão passando e o desastre só parece aumentar, as diferenças entre os amigos vão se tornando mais gritantes e os conflitos começam.

 

Além da decisão de contar ou não a verdade, mesmo que dias já tenham se passado.

 

Uma história que faz o leitor pensar sobre responsabilidade, honestidade e integridade.

 

Até onde você iria para proteger os seus amigos?

 

Até onde você iria para se proteger?

 

É possível viver com o peso de um segredo desses?

 

Cada vez mais eles se afastam e então uma outra situação terrível surge e os faz questionar a sinceridade entre eles. E se querem viver carregando essas histórias ocultas.

 

Uma leitura intensa e que te deixa chocado com os últimos capítulos.

 

Qual foi o último livro assim que você leu?

 

Compre o livro na Amazon: https://amzn.to/3MlV18v

 

@fala.werneck_resenhacath

 

Editora: Ler Editorial.

Páginas: 260.

 

Família é família

 

O livro já começa com cenas dramáticas, que apertam o nosso coração pelo que dois casais estão vivendo e sofrendo.

 

Complicações e acidentes acabam tirando vidas que vão fazer muita falta, mas a força da amizade e do companheirismo que existe entre esses cinco homens vai manter essa família unida.

 

Porque existem vários tipos de família; família de sangue, família que é construída pela amizade, famílias que são construídas durante a vida e permanecem para sempre.

 

O leitor vai ser conquistado por personagens diferentes e complementares. Cada um possui o seu jeito de lidar e ajudar com as situações; e não há dúvidas de que estarão lado a lado nos momentos bons e nos difíceis também.

 

Rick, Cath e Léo são os que possuem maior destaque diante de tudo que está acontecendo. E você já terminará o livro curioso com o próximo e os personagens que ganharão evidência então.

 

Uma história para se apaixonar, emocionar e torcer para que eles fiquem bem e consigam se reerguer depois de tantas dificuldades.

 

 

@fala.werneck_resenhacaligula

 

Editora: Faro Editorial.

Páginas: 223.

 

Qual é o limite?

 

Calígula, um imperador louco, incompreendido ou um pouco de cada uma dessas características?

 

Nós nunca saberemos toda a realidade da época, porque cada um tem a sua versão da História.

 

Neste livro iremos conhecer a história desse homem diferenciado, que fez muitas escolhas duvidosas e chocantes. Manipulando pessoas, assustando generais e deixando a sociedade completamente apreensiva quanto ao futuro.

 

O livro é narrado por Lúcio, um oficial que fez parte do exército de Germânico, pai de Calígula; e depois serviu ao imperador problemático.

 

À medida que ele conta como o Gaio era adorado pelos soldados, que o apelidaram de Calígula, a gente já percebe que a criança era intensa e impetuosa, sempre querendo brincar de luta e dar ordens para os soldados.

 

O tempo passa e quando Gaio se torna imperador, parece mais imprevisível do que nunca. Um jovem que não consegue lidar com suas questões pessoais e não está preparado para a influência e o poder.

 

Mais uma vez, conhecemos um imperador que descobre a solidão que envolve uma posição dessas; no entanto, ele tem o agravante de ser um pouco perturbado depois do que aconteceu com o pai quando era criança e crescendo sob a influência da mãe, que não era muito maternal e vivia querendo difamar o Tibério. Além de sempre dizer que todos estavam armando contra ela e os filhos.

 

Imagine crescer com alguém assim!?

 

Lúcio se mostra um homem inteligente e determinado a lidar da melhor forma com o que a vida lhe apresentava. E assim ele virou o braço direito do imperador e tentou amenizar muitas das impulsividades de Calígula com conselhos e ideias menos agressivas. Nem sempre era ouvido, mas conseguiu ajudar em muitas situações.

 

Novamente, lemos sobre uma Roma dominada por um tirano e cercada de caos. Onde as pessoas apoiam e condenam com a mesma rapidez.

 

Uma época de instabilidade na qual as pessoas não podiam se expressar abertamente por medo de serem punidas de alguma maneira.

 

E em meio a tudo isso, quem pode julgar alguém que faz tudo para sobreviver e aceita até aquilo que não concorda?

 

Seres humanos são complexos, e os imperadores nos mostram o quanto eles tiveram que abrir mão para assumir o poder de dominar o mundo romano.

 

@fala.werneck_resenhaummilagre

 

Edição Independente.

Páginas: 135.

 

Viver e sonhar

 

A vida não é um mar de rosas, sofrimentos vão surgir em algum momento… Mas você não pode permitir que isso modifique o seu olhar e tire a oportunidade de perceber e sentir os momentos especiais.

 

Lara é uma personagem adorável, que sofreu uma decepção terrível com o ex-noivo e achou que parte da sua vida estaria perdida para sempre.

 

Mas ao se refugiar em uma cidade do interior, ela começa a lembrar do que a torna forte e descobre sentimentos especiais e caminhos que nunca tinha considerado.

 

A história é bonita e acolhedora, além de mostrar o cotidiano em um orfanato onde as pessoas trabalham com amor e muita atenção com as crianças.

 

Existem muitos pequenos que vivem em lugares de acolhimento assim, esperando o momento em que uma família os leve para casa e mostre o significado de “ser querido”.

 

No entanto, a gente sabe que, infelizmente, o processo burocrático é longo, cansativo e muitas pessoas acabam desistindo… E ainda existe também a grave questão do preconceito.

 

Precisamos refletir e transformar essas questões, porque acabam prejudicando todos.

 

A vida dessas crianças já começou tão dura, elas merecem a oportunidade de conhecer o afeto, a esperança e também acreditar que os sonhos são possíveis.

 

Muitas vezes, basta um momento de carinho, um instante de atenção para que elas percebam que não são invisíveis.

 

Daí em diante, o amor transborda e uma vida se transforma.

 

Todos nós precisamos de gentileza e afeição. Um ouvido amigo, uma companhia serena, um abraço acolhedor, um instante de paz.

 

Você sente isso?

 

Você faz isso por alguém?

 

Tente e sentirá algo muito especial também.

 

Compre o livro na Amazon: https://amzn.to/3GTXSDi

@fala.werneck_resenhapequenashist

 

Editora: Pitangus Editorial.

Páginas: 208.

 

Amor é tudo

 

Falar de amor pode ser fácil, afinal de contas, muitos sabem contar uma história bem fofa e digna de um conto de fadas.

 

No entanto, falar do amor real, cotidiano, que muitas vezes pode se tornar doloroso, não é tão simples assim.

 

E a autora consegue mostrar histórias singelas com vários desses tipos de amor.

 

Seis contos nos mostram várias possibilidades…

 

O amor fraternal, que é mais forte e profundo do que os vínculos de sangue. Uma daquelas histórias que aperta o coração, mas dá esperança.

 

O amor romântico que foi perdido, ainda que as lembranças e emoções permaneçam.

 

Aquele amor que teve parte do seu tempo desperdiçado, só que é tão intenso que promete recuperar tudo.

 

O amor novo, divertido, leve e inesperado. Como também aquele amor doentio e assustador.

 

Pessoas que tentam e decidem acreditar mais uma vez.

 

Porque o amor é importante o suficiente para que a gente continue lutando por ele e acreditando que é mais bonito que tudo.

 

Equilíbrio, respeito, empatia, tantas questões envolvem a experiência de sentir o amor.

 

E o tempo, que sempre nos mostra o quanto precisamos aprender e serenar para verdadeiramente vivenciar algo tão puro.

 

Se você gosta de contos, histórias românticas e que emocionam, dê uma chance para esse livro.

 

Ele vai te abraçar.

 

Compre na Amazon: https://amzn.to/3AH0ZMD