Fala Werneck

osolmaisbrilhante

 

Trechos

 

“Sua vida será como a minha, mas talvez não a dos seus filhos. Talvez eles possam ter um horizonte mais vasto.”

 

“Amava como saber uma língua diferente a fazia se sentir livre, como se tivesse uma chave para uma nova vida.”

 

“Simi se deu conta, então, de que nada era garantido. Jamais. Nem mesmo a continuação da vida que sempre levara.”

 

“Mas isso, a realidade de um animal lindo e saudável em meio a uma seca que matava tantos outros, abatido pela força bruta dos humanos, chocou-a mais do que pensou ser possível.”

 

“Ela tinha que ser um muro entre o bebê que carregava e o mundo trágico onde viviam.”

 

“Os filhos se tornam eles mesmos. Não podemos forçar um resultado só porque temos vontade.”

 

“Ainda não tinha rompido a sequência,e via, agora, que a própria mãe não era nada além de um ser humano com falhas que, no mar da maternidade, era pressionada por um albatroz só seu.”

 

“Adia falou como se estivesse segurando palavras dentro dela, como um balão cheio de ar que tivesse estourado. Não conseguia se conter.”

 

“Grace percebeu por que Aia amava tanto Simi; ela emanava algo que fez Grace se sentir segura na mesma hora, mesmo naquele mundo completamente estranho.”

 

“Havia partes quebradas e feias na vida de todos, mas novas surgiam.”

 

 

teardrop

 

Primeira frase da página 100: “-Não, mas pode haver alguns sarados malhando aí e eu estou uma senhorinha total com esta saia.”

 

Do que se trata o livro: Eureka é uma adolescente que perdeu a mãe em um “acidente” de carro. Mistérios envolvem o que aconteceu com a mãe e possíveis que a menina pode ter. Ela passa por momentos muito difíceis e dolorosos, porque era muito próxima da mãe; e nem faz ideia que o que aconteceu com a mãe era para destruir a filha. Eureka então conhece Ander, um garoto misterioso que a intriga bastante, então ela começa a tentar descobrir mais sobre ele.

 

O que está achando até agora?

A leitura está boa e esse mistério envolvendo algum possível poder é algo curioso. Lidar com a morte é difícil e tentar se compreender melhor também. Muita coisa pode estar escondida sob a superfície e a pessoa nem faz ideia…

 

O que está achando da personagem principal?

Eureka é uma pessoa amorosa e dedicada, que se encontra sem rumo após a morte da mãe. A mãe era a bússola dela e agora ela não sabe mais o que importa ou até mesmo se algo ainda é relevante. Ela está sofrendo e por isso se fechou para as outras pessoas, só consegue conversar e se abrir com seus dois melhores amigos, mas em alguns momentos, nem essas conversas são suficientes para que ela entenda ou tente se adaptar ao que aconteceu.

 

Melhor quote até agora: “Leve o que ama de mim com você; deixe a dor para trás.”

 

Vai continuar lendo?

Sim! Quero descobrir qual o problema dela com as lágrimas e também saber mais sobre o Ander. Quais será que foram as consequências que ele sofreu por ter desobedecido as ordens da família? E, afinal, sobre o que o livro misterioso fala?

 

Última frase da página 100: “Nunca te vi assim.”

 

todasassuasimperfeicoes

 

Trechos

 

“- Se você iluminar apenas as suas imperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra.”

 

“Sua quietude foi o que me atraiu quando nos conhecemos. Fez com que eu me sentisse em paz.”

 

“As palavras machucam. Parte de mim quer revidar e dizer algo doloroso, mas a maior parte sabe que ele está falando a verdade.”

 

“Mas, na verdade, eu olhava para o Post-it todo dia. Ainda está na parede, onde ele o deixou.”

 

“- Só quero que nunca se esqueça do dia em que o universo conspirou para nos reunir outra vez.”

 

“Então visto minha máscara de felicidade e me certifico de nunca permitir um vislumbre de tristeza.”

 

“É provável que eu não tenha notado porque a tristeza é como uma teia de aranha. Você não a vê até ser capturado por ela e então precisa lutar para se libertar.”

 

“Pedidos de desculpas são ótimos para admitir arrependimento, mas de pouco valem para esvaziar a verdade das ações que causaram remorso.”

 

“- Somos cheios de defeitos. Centenas deles. São como pequenos furos em nossa pele. E, como sua sorte disse, às vezes prestamos muita atenção em nossas imperfeições. Mas algumas pessoas tentam ignorar as próprias falhas ao destacar as dos outros, a ponto de torná-las seu único foco. Elas as cutucam, pouco a pouco, até que se rasam, e é só o que nos tornamos para essas pessoas. Uma gigantesca imperfeição.”

 

“- Agora você já sabe exatamente o que deve procurar. Quando conhecer alguém bom, ele não vai encher você de insegurança, focando em seus defeitos. Vai encher você de inspiração, porque vai iluminar suas qualidades.”

 

“Às vezes as coisas não têm um lado positivo, só um bocado de lados tristes.”

 

“Às vezes ele fala coisas tão foces. Palavras que quero anotar para guardar para sempre e jamais esquecer.”

 

“- Devemos ser o que quisermos ser. Você pode ser um soldado, se quiser. Ou uma advogada. Ou uma executiva. Ou uma dona de casa. A única coisa que não deve é ficar com vergonha dos seus sonhos.”

 

“Senti tanta falta daquelas palavras. É uma das coisas das quais mais havia sentido saudade entre nós.”

 

“Quero lhe escrever tantas cartas que, quando finalmente reabrirmos essa caixa pelos motivos certos, ele vai ter cartas para ocupá-lo por uma semana.”

 

“Posso passar meu tempo concentrada na versão perfeita da vida que jamais terei, ou posso passar meu tempo aproveitando a vida que tenho. E a vida que tenho pode ser tão cheia de oportunidades se eu conseguir sair de minha cabeça tempo o suficiente para correr atrás dessas oportunidades.”

 

rioparisrio

 

Trechos

 

“A felicidade é isso, um segundo ou dois, o tempo de um suspiro ou dois.”

 

“Os dois têm juntos um instante de parênteses abertos, nunca preenchidos. Uma sintaxe muda e prolongada.”

 

“Ela gostaria de dizer isso a Luc assim, com uma raiva muda, sem se exaltar, num sussurro, mas evita mostrar ao moço tão civilizado que o mundo fora da bolha onde ele flutua é injustiça e barbárie.”

 

“Tem aqueles que se alienam e vivem Natais felizes no Brasil em plena ditadura. Tem aqueles que gritam contra, combativos, e no final do ano se unem às famílias em Natais felizes. Tem aqueles que resistem, corpo a corpo, ideal a ideal, por isso sacrificam Natais felizes. E tem ainda aqueles que, na dúvida, se mandam a percorrer terras estranhas e hostis, já que o seu próprio país é estranho e hostil.”

 

“O burburinho tem agora o som da turba que se move, nada aí se distingue. É um momento em que o humano perde o sentido de humanidade, a noção de indivíduo não existe mais, ninguém pensa por si só, deixando-se todos arrastar por um vago traço de união, pelo pouco que sobreviveu a milênios de esforço civilizatório.”

 

“Passam a manhã toda assim, de acordo em muitos pontos, desacordo em tantos mais.”

 

“Mas são apenas palavras, tão aleatórias quanto as vidas daqueles que as leem.”

 

“É verdade, ela leu há poucas semanas, mas a memória trai, retém o que bem quer, raramente o que ela quer.”

 

“Sabe que a infelicidade se esconde nas entrelinhas da rotina e explode, desgrenhada, nos desvãos da arquitetura interior ou na literatura íntima.”

 

“Recordações são traiçoeiras, chegam sem aviso.”

 

osolmaisbrilhante

 

Primeira frase da página 100: “Ela estava se sentindo mal naquele dia, mas se obrigou a ir mesmo assim.”

 

Do que se trata o livro: Narra a história de três mulheres que têm origens diferentes, mas alguns pontos em comum como problemas familiares e questões relacionadas à maternidade. Cada uma tem seu próprio jeito de lidar com o meio onde vive e os desafios que precisa enfrentar.

 

O que está achando até agora?

O livro mostra a dura realidade de aldeias africanas que precisam conviver com a seca as antigas tradições, e muitas enfrentam outros desafios ainda maiores por verem sua cultura ser cada vez mais reprimida. O livro possui até agora um tom triste, pelo ambiente onde essas personagens vivem, mas também pela história familiar que as compõem.

 

O que está achando da personagem principal?

São três mulheres principais: Leona, Simi e Jane. Leona é uma antropóloga que sofreu abusos na infância e quando adulta procurou se afastar o máximo possível da família. Nunca teve uma mãe muito presente, e essa indiferença a marcou muito e isso acaba prejudicando o seu relacionamento com as pessoas que a cercam, especialmente com sua filha. Simi é uma mulher africana que na infância também teve dificuldades com a família. Ela tinha uma mãe que sempre a incentivava a estudar e ir além. Só que após um grave episódio com o pai, mesmo com todos os sacrifícios que a mãe já tinha feito, ela precisou parar de estudar. Ela é uma mulher forte, que precisa lidar com a dor de não conseguir ser mãe e também enfrentar as questões culturais da aldeia no que se refere a ser uma mulher casada e sem filhos. E temos então Jane, uma outra americana que cresceu com uma mãe que teve câncer e ela não soube lidar bem com isso, algo do que ela se arrepende muito. Ela foi trabalhar em uma fundação africana que tenta proteger os elefantes, só que após uma situação trágica, ela segue outro rumo na vida. Então, são três mulheres com falhas e qualidades que precisam lidar com o que a vida lhes ofereceu e fazer escolhas que criem um futuro que possam conviver bem e até ser feliz.

 

Melhor quote até agora: “Amava como saber uma língua diferente a fazia se sentir livre, como se tivesse uma chave para uma nova vida.”

 

Vai continuar lendo?

Quero saber o que Leona decidirá da vida dela e da filha e se Simi estará presente no futuro delas. Especialmente pela Simi ser tão importante para a criança. Também quero ver como o relacionamento da Jane e do marido seguirá e se ela irá se aproximar mais do irmão. Porque a dor nunca é igual e cada um tem sua própria maneira de lidar com isso. Será que elas aprenderão a respeitar isso nelas e nos outros?

 

Última frase da página 100: “Os dois se acomodavam para jantar, e Mohammad acendia as velas e colocava os pratos à frente deles.”

 

todasassuasimperfeicoes

 

Casamento

 

A vida de ninguém é perfeita, muito menos seus casamentos.

A vida a dois pode ser muitas coisas: empolgante, carinhosa, animada, relaxante. Mas também pode ser: irritante, estressante, angustiante.

Conviver não é simples e conviver bem, pode dar bastante trabalho em alguns momentos.

 

Este livro irá mostrar o brilho do início de um casamento, mas também as dificuldades de uma longa vida a dois.

Às vezes os focos se tornam um pouco diferentes e a sintonia perde a harmonia.

Todo mundo é humano, todo mundo tem falhas. Não há quem possa dizer que sempre soube como expressar o que sente.

 

A obra fala mais do que sobre o casamento, fala de família, de amor; fala de tentar.

Uma história que vai aquecer o seu coração e também parti-lo ao meio. Mas vocês já sabem que os livros da Colleen são assim…

Depois de ler esse livro acredito que todo casamento deveria ter uma caixa daquelas. Porque o momento de parar e verdadeiramente analisar a jornada é algo importante.

 

Viver bem com outra pessoa exige amor, carinho, atenção, compreensão, muita aceitação e equilíbrio. É preciso que cada um lebre porquê vale a pena e o que realmente vale a pena.

As tempestades podem surgir sem que ninguém note sua formação, todavia é preciso enfrentá-las. Não adianta fingir que elas não estão lá, do contrário elas irão dizimar tudo.

Por isso, tenha em mente que nada, nem ninguém, é perfeito.

 

Lembre-se de iluminar as partes boas, suas e dos outros.

Talvez assim as coisas se ajeitem.

umcontododestino

 

Trechos

 

“Uma cidade grandiosa não é nada além de um retrato de si mesma, e, mesmo assim, no fim das contas, seu arsenal de cenas e imagens é parte de um plano muito emocionante.”

 

“Outros, sentindo o peso da ambivalência e incerteza, invejavam alguém que sabia o que devia fazer e o porquê – como seu houvesse passado alguns séculos resolvendo os problemas normais da existência e depois concentrado sua atenção na arte de construir pontes.”

 

“A verdadeira redenção só seria possível se todos os tropeços e mudanças tivessem algum significado.”

 

“- Neste universo infinito, mundos inteiros foram criados para a instrução e a elevação de algumas almas simples.”

 

“A beleza da verdade é que ela não precisa ser proclamada, e não precisa que acreditem nela. Ela passa de uma alma para outra, mudando de forma a cada vez que as toca.”

 

“Pessoas isoladas em pequenos vilarejos podem não conhecer as complexidades que são comuns às grandes cidades, mas seus corações são ricos.”

 

“A estante estava cheia de livros difíceis de ler, capazes de devastar e reconstruir a alma de uma pessoa, e que, ao terminar, davam a impressão de que o leitor havia sido atingido pelo coice de uma mula.”

 

“Forças físicas em uma coalizão complicada de gravidade, aceleração e temperatura eram suficientemente poderosas e intensas para satisfazê-lo.”

 

“Essa é a verdade que existe nas palavras, não é, Sra. Gamely? Elas servem os camponeses da mesma forma que aos reis.”

 

“Foi algo que ele só conseguiu entender com as dádivas que chegam no início da manhã – aquelas coisas cujas peças, como um sonho, as pessoas são incapazes de juntar outra vez para se lembrar e sentir durante o dia, sob a luz do sol.”

 

“- Além das leis naturais, além do mundo que conhecemos – especulou Hardesty -, talvez haja leis de organização que nos prendam a dimensões que não conseguimos enxergar e a tarefas que não conseguimos discernir.”

 

“Ele diz que os livros fazem o tempo parar.”

 

“Não importa; tudo aconteceu ao mesmo tempo, em menos de um instante, e o tempo foi inventado porque não podemos compreender, de uma só vez, a enorme e detalhada tela que nos foi dada – por isso nós a acompanhamos de maneira linear, parte por parte.”

 

“Suponho que seja possível aprender com isso, ou começar a aprender, ao criar seus filhos, e esta é uma das grandes surpresas da vida – olhar para trás e ver aqueles que vêm depois de você lutando para passar por aquilo que você já está quase concluindo.”

 

“- Há homens que passam pela história sem deixar qualquer rastro de si mesmos, mesmo que transformem o mundo.”

 

“Seria muito justo se a nossa recompensa final nos transformasse em senhores do tempo, e se aqueles que amamos pudessem viver novamente – não somente na memória, mas de verdade.”

 

“Aprendemos que a justiça nem sempre segue um ato justo, que a justiça pode passar anos adormecida e despertar quando menos se espera, que um milagre não é nada além de uma justiça latente de outra época chegando para compensar aqueles que cruelmente abandonou.”

 

“Um sonho não é uma ferramenta para este mundo, e sim um portal para o próximo. Aceite-o da maneira que ele é.”

 

“- O amor passa de uma alma para outra, Pearly. Ele realmente dura para sempre.”

 

melhoresdeabril

 

  • Melhor livro: A rede de Alice. Uma leitura completamente envolvente e impactante, que acompanha a jornada de duas mulheres em diferentes épocas; mostrando como a guerra pode afetar e transformar as pessoas, estejam elas no meio desse conflito ou não. “A rede de Alice” apresenta a história de espiãs e de uma das maiores redes de espionagem durante a Primeira Guerra Mundial. Um livro arrebatador.

 

  • Melhor quote: “É fácil confundir um desejo com um fato, uma esperança com uma mentira, um mundo melhor com aquele que existe de verdade.” (Os sonhadores – Karen Thompson Walker)

 

  • Melhor filme: Suprema. O filme foi o melhor do mês porque é baseado na história real de uma advogada que lutou e enfrentou incontáveis desafios para cursar Direito, conseguir seu diploma e lutar pelo seu respeitado lugar em um tribunal. Uma mulher que precisou lidar com o descaso, o deboche e a sua desvalorização, simplesmente por ser mulher. Mas ela conseguiu mostrar o seu valor e adquirir a confiança necessária para se tornar uma grande advogada. Um filme que mostra o valor dos estudos, da disciplina, da pesquisa e do empenho.

 

  • Melhor série: Virgin River. Sem sombra de dúvidas, a melhor série do mês! Uma série sobre amor, superação, luto e recomeço. Sabe aquelas séries que aquecem o coração e te deixam leve e feliz quando assiste? Essa é assim! Mel é uma enfermeira que se muda para uma cidade do interior numa tentativa de superar o passado e encontrar um lugar ao qual possa pertencer. Ela logo é acolhida por boa parte da cidade, ainda que a relação com alguns seja complicada. Amei demais essa série! Assistam!  🙂 E se souberem de alguma outra nesse estilo, me contem nos comentários.

 

odestinodasterrasaltas

 

Trechos

 

“Ela se perguntou, com tristeza, se algum dias os homens conseguiriam compreender tudo o que perdiam por causa das brigas e guerras constantes.”

 

“Ele tinha um talento para dizer verdades simples, que ela era incapaz de negar.”

 

“Às vezes pareço um ouriço: armo meus espinhos ao suspeitar de algo que nem foi dito, ao pressentir desprezo por trás das palavras mais inocentes.”

 

“Sua honestidade é muito louvável, mas você logo aprenderá que nem todo mundo quer ouvir a verdade.”

 

“- Não permita que isso o transforme. Não permita que isso envenene seu coração e faça com que veja ódio e desconfiança onde não há.”

 

“- Você não pode cuidar de todo mundo o tempo inteiro, garoto – lembrou James. – Iria acabar morrendo por não dormir.”

 

“- Por que não me contou a história toda? Às vezes, dizer as coisas em voz alta pode trazer clareza. Como se trata do seu coração e não do meu, posso até conseguir enxergar algo que você não consegue.”

 

todasassuasimperfeiçoes

 

Primeira frase da página 100: “Uma animadora de torcida vulgar.”

 

Do que se trata o livro: Conta a história de um casal que está vendo o casamento ruir pela dificuldade em ter filhos. A história reveza capítulos no passado e no presente, mostrando como o envolvimento deles começou e acompanhando a distância que existe agora entre os dois; o sofrimento e a dor de tudo que não é dito.

 

O que está achando até agora?

Mais uma vez, me sinto completamente envolvida pela escrita dessa autora. Já percebo que é uma história sensível sobre um dificuldade que muitos casais espalhados pelo mundo enfrentam. É bonito acompanhar o o amor deles surgindo, e ao mesmo tempo, é triste ver o afastamento cada vez maior que está existindo no convívio.

 

O que está achando da personagem principal?

A Quinn é uma mulher que ama a irmã, a mãe e o marido; sonha em ser mãe. E o sofrimento de se sentir incapaz de gerar um filho está fazendo com que ela se torne uma mulher amargurada e indiferente às pessoas que a cercam. Ela transfere seu próprio sentimento de insegurança e tristeza para o marido, sem sequer conversar direito com ele sobre isso. Ela está fazendo ruir, diariamente, o casamento deles e nem mesmo percebe.

 

Melhor quote até agora: “-Se você iluminar apena as suas imperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra.”

 

Vai continuar lendo?

Quero continuar acompanhando o crescimento desse amor e também descobrir se eles conseguirão recuperar a fase boa do casamento. Quando ela perceberá que está machucando o marido e ela mesma diariamente? Será que não há mais volta para o ponto em que eles se encontram?

 

Última frase da página 100: “Compromisso eterno é que pega.”