Fala Werneck

@fala.werneck_aassistenteresenha

 

Edição Independente.

Páginas: 267.

 

Lindas mudanças

 

Na história iremos conhecer dois personagens muito diferentes em alguns aspectos e idênticos em outros.

 

Alex é um homem que divide o seu tempo entre o trabalho e a vida pessoal de forma satisfatória, conseguindo equilibrar as suas atividades como CEO da empresa fundada pelo seu tio e curtindo a rede de boates para mulheres que fundou com um amigo da faculdade.

 

Sophie está buscando uma boa oportunidade para a carreira na área de Administração e está desiludida depois de uma grande decepção com o ex-namorado.

 

Ambos possuem amizades fortes, bonitas e de longa data: Alex tem o Zion, que é seu amigo desde a época da faculdade; e Sophie tem a Katie, que a acompanha em várias loucuras desde a época da escola.

 

Sophie e Alex se conhecem de uma maneira diferenciada (e ousada) e, graças a uma prima dela, eles se reencontram no ambiente corporativo.

 

E essa interação diária no trabalho fará com que eles precisem lidar e tentar entender o que estão sentindo.

 

Uma história com aqueles clichês que a gente adora.

 

E que nos faz torcer pela Sophie, para que ela continue sendo essa jovem determinada e encontre finalmente um grande amor.

 

(Vale lembrar que é um romance com cenas muito descritivas.)

 

Mesmo sendo o segundo livro de uma duologia, pode ser lido de forma independente.

 

Você gosta de romances assim?

 

@fala.werneck_prazerconfusao

 

Editora: Flyve.

Páginas: 90.

 

Múltipla

 

A escrita da Carolina é leve e expressa a naturalidade da vida cotidiana de uma forma muito bonita.

 

Os seus poemas com referências criam no leitor aquele sentimento de acolhimento e conexão.

 

É tão bom quando encontramos alguém com os mesmos gostos! A conversa flui.

 

E a leitura do livro “Prazer, Confusão” é exatamente assim: uma conversa boa; na qual lembramos de algumas fases da vida, os desencontros, os sentimentos conflituosos, a intensidade dos momentos.

 

Viver é sentir, e quem é poeta sente até demais.

 

Por isso a poesia é linda! Ela transmite em palavras um mundo que existe dentro da gente.

 

Um mundo confuso, sim, porque ninguém é constante e permanece igual todos os dias.

 

Mas um mundo tão incrivelmente colorido, que vale toda a confusão de alguns momentos.

 

Como já disse a irmã da autora no Prefácio: “Reparem a bagunça.”; e está tudo bem, porque todos nós temos um pouco dela dentro de cada um.

 

Você costuma ler poesia?

@fala.werneck_quotesnolugar

 

Melhores Trechos

 

“Quanto sofrimento escondido sob o frenesi da cidade. O que será que leva alguém a ultrapassar esse último e desesperado limite?”

 

“É mais do que um ato de gentileza – é um presente.”

 

“Quando saio de novo, olho para a cidade que parecia estar contra mim não muito tempo atrás. Ela agora parece mais leve e gentil.”

 

“Quanto a mim, não sei o que o futuro me reserva. Mas prefiro acreditar que, agora, as estatísticas estão a meu favor.”

 

@fala.werneck_resenhasegredos

 

Editora: Faro Editorial.

Páginas: 302.

 

Todo mundo tem segredos

 

A vida sempre apresenta desafios e, pelo caminho, podem surgir problemas terríveis, com o potencial de destruir a vida de muitas pessoas.

 

Quem nunca fez escolhas erradas?

 

Quem nunca confiou em alguém que não devia?

 

Mas a vítima não pode ser culpada pelo crime, a culpa, a responsabilidade, a crueldade é de quem cometeu.

 

Histórias que apresentam situações de agressão grave assim são leituras pesadas, que levam o leitor a refletir sobre as mudanças bruscas e tenebrosas na vida de quem sofre.

 

Algumas pessoas conseguem continuar e aprender a seguir vivendo, outras não.

 

E também há as famílias, tantas pessoas sofrem juntas e buscam aceitar o que ocorreu e tentar ajudar para de alguma forma amenizar a sensação de estar de mãos atadas diante da barbárie humana.

 

Nick é a vítima do crime, Tony é o irmão mais velho. E a relação que eles têm é forte demais, acolhedora, pela diferença de idade e a questão envolvendo os pais, Tony é em essência um pai para o Nick.

 

Um pai que se vê completamente devastado pelo que aconteceu e que se sente capaz de qualquer coisa para proteger a vida de uma das pessoas que ele mais ama.

 

O livro vai alternando os pontos de vista e também apresenta capítulos no futuro, o que intriga ainda mais sobre o que poderia ter acontecido.

 

E quando a gente pensa que enfim descobriu o que aconteceu, outras questões vão surgindo e mais segredos também.

 

Todos guardam algo, escondem coisas, e algumas dessas revelações são mais bombásticas ainda.

 

Uma leitura carregada de drama, que começa muito dolorosa e assustadora; mas depois entra num ritmo alucinante, que faz o leitor devorar as páginas para descobrir o que aconteceu e se a justiça foi feita ou não.

 

No fim, cada um precisa arcar com as consequências de seus atos e escolhas.

 

E o leitor termina chocado! 😉

@fala.werneck_primimpsegredos

 

Sabe aquelas leituras que já começam abalando a gente? Este livro é exatamente assim.

 

É um thriller psicológico sobre um tema pesado e assustador.

 

Os pontos de vista que se alternam nos fazem entender melhor o drama vivido pela família e pelo Nick, que sofreu a terrível agressão.

 

Imaginar alguém que passou por algo tão doloroso ter que reviver isso e fazer os relatos para os médicos e a polícia é terrível.

 

Como também o sofrimento e o sentimento de impotência que os familiares sentem diante de tanta crueldade.

 

A mídia faz com que as notícias voem e os comentários nessas páginas são simplesmente bizarros, porque essas pessoas parecem “esquecer” que estão falando de alguém, estão diante de um relato traumático; e julgam e condenam com suas palavras sem considerar isso.

 

Mesmo a narrativa sendo intensa e os momentos relatados no futuro intrigarem sobre o rumo da investigação e do julgamento, a minha leitura está sendo mais devagar porque livros assim me abalam bastante.

 

É uma ficção, mas fico pensando em quantas pessoas reais podem ter passado por isso e estar sofrendo também.

 

Isso acontece com vocês durante algumas leituras?

@fala.werneck_resenhacorina

 

Edição Independente.

Páginas: 220.

 

O aprendizado com a dor

 

“Corina” é uma história feita para nos envolver com seus navios, romances, batalhas e muito amor.

 

Corina é uma jovem forte, que precisou aprender e amadurecer rápido com as tragédias que vivenciou.

 

Perdeu a família em um naufrágio e passou a viver com o tio e a família dele, até o momento em que foram atacados e seu mundo pareceu desmoronar mais uma vez.

 

E agora ela precisa enfrentar uma batalha para salvar seus primos.

 

Só que desta vez não estará sozinha, Arthur irá acompanhá-la e juntos eles vão encarar muitos problemas, sofrer, lidar com as diferenças e viver muitos momentos angustiantes e outros gratificantes.

 

A jovem irá perceber que sua força pessoal impressionante não anula a dor que existe dentro dela, mas aos poucos ela vai tentando aceitar e compreender que o passado não deve determinar o seu futuro.

 

E assim ela segue acreditando em um futuro melhor, tentando encontrar um lar que aconchegue o seu coração ferido.

 

A jornada deles é longa, mas a determinação não os abandona.

 

Eles fazem amigos, entendem a importância de acalmar a mente para também fortalecer o corpo e encontram muitas coisas lindas.

 

O amor é uma presença acalentadora na vida de alguns personagens que, dessa forma, inspiram seus filhos a buscar algo único assim também.

 

É uma história de determinação, companheirismo e amor… Amor em suas diferentes formas.

 

E que fará o leitor suspirar, torcer e terminar a leitura curioso com o que vem pela frente na continuação desse livro.

 

Porque algumas intrigas parecem estar apenas começando!

@fala.werneck_trechostransforme

 

Melhores Trechos

 

“Nunca é tarde demais para se fazer o que se deseja, e nunca estamos velhos demais para sonhar e realizar, para ser o que gostaríamos de ter sido.”

 

“E isso é muito além de alcançar felicidade e sucesso, é descobrir o propósito de sua vida e ser fiel a ele, é descobrir a sua missão no mundo.”

 

“A sua vida será definida pela forma que você enxerga o mundo a sua volta.”

 

“Você é a exteriorização daquilo que realmente acredita ser no mais íntimo da sua mente e do seu coração.”

 

“E tenha em mente que tudo começa pela forma como você se vê, tudo começa na sua forma de pensar e encarar as situações e a realidade a sua volta.”

 

“A verdade é que a sua decisão e atitude de hoje afetará o sucesso de amanhã.”

 

“O mundo é cheio de oportunidades e não é possível reduzir toda a sua vida a um único acontecimento, pois ela é bem maior que isso.”

 

“Não seja um expectador da sua vida, e muito menos da vida dos outros, seja um administrador, saiba administrar com amor, cuidado e responsabilidade.”

 

“Lembre-se que para se ter prosperidade, é preciso saber se controlar, ter domínio de si próprio, não gastar mais do que ganha, não fazer dívidas desnecessárias, agir sempre com retidão de caráter em tudo que se propõe a fazer, ter disciplina e cuidado com os negócios, e sobretudo possuir paciência, persistência e perseverança.”

 

“Decida mudar a sua vida e ser o que você quiser. Sem desculpas.”

 

“Então não há com o que se preocupar, basta ter a certeza no seu coração e a convicção nas suas palavras de que vai vencer a montanha, um dia de cada vez.”

 

“[…] sendo consciente de que toda mudança e transformação levam tempo, mas o importante é que elas permanecem.”

 

“Os líderes conquistam as outras pessoas pelas suas características especiais, pelo seu modo de ser, que se destaca na multidão e influencia de modo positivo um povo, uma nação, uma comunidade, um grupo acadêmico, e até mesmo influenciam gerações.”

 

“Todos temos muito talentos, ninguém é dono da verdade, e ideias nascem da conexão entre as pessoas.”

 

“O domínio próprio é a mais árdua das tarefas, mas a mais preciosa das virtudes.”

 

“Você precisa colocar ação nas suas palavras e nos seus desejos — mover-se na direção daquilo que deseja.”

 

“Persistência tem a ver com o quanto se aguenta sem desistir.”

 

“Mesmo quando dói, mesmo quando o vento está contrário, mesmo quando as pessoas não acreditam, mesmo quando se é julgado, mesmo se o seu limite já foi ultrapassado, os campeões não desistem, eles são persistentes e é por isso que eles se tornam campeões, e podem experimentar aquela sensação maravilhosa da conquista.”

 

“As pessoas se esquecem que independentemente de tentarem ou não, o tempo irá passar de qualquer modo.”

 

“Não importa o que os outros vão dizer ou pensar, não importa o que vai acontecer, o quanto vai ser difícil, o quanto vai doer; ou quanto tempo vai levar para se chegar no topo da sua montanha, apenas tente mais uma vez, e mais uma vez, e mais uma vez, até finalmente alcançar a glória.”

 

“Portanto, viva corajosamente, eleve suas expectativas, eleve seu padrão mental, não fique chateado, porque assim, nada nem ninguém terá poder sobre você.”

 

“Não adianta ter o mundo a seus pés, se não tiver paz, e só se encontra paz quando se aprende a bela arte de descansar em Deus.”

 

@fala.werneck_resenhanolugar

 

Editora: Faro Editorial.

Páginas: 255.

 

Nova York solitária

 

A solidão é algo que todos nós vivenciamos (em poucos momentos, ou em vários).

 

Shay é a personagem principal deste thriller que discute bem a questão da solidão e da construção de vínculos de amizade.

 

Ela é uma mulher que ainda não está estabelecida profissionalmente, não tem um relacionamento amoroso, tem uma relação distante com a mãe e, consequentemente, é muito solitária. Mesmo vivendo em uma cidade tão cheia de pessoas diferentes.

 

Shay começa a refletir sobre a sua solidão depois que presencia uma mulher (Amanda) tirando a própria vida na estação de metrô, e conforme vai pesquisando e descobrindo mais coisas sobre a Amanda, ela nota o quanto são parecidas e fica intrigada com o que motivou essa mulher a fazer uma escolha violenta assim.

 

Só que a situação vai se tornando mais intrigante e misteriosa quando Shay se aproxima das amigas de Amanda: Cassandra e Jane.

 

Essas irmãs são influentes, elegantes e absurdamente manipuladoras.

 

E o leitor fica querendo descobrir o que realmente está acontecendo e como elas acabaram colocando a Amanda em um beco sem saída.

 

Se você costuma ler muitos thrillers, pode começar a criar teorias logo nos primeiros capítulos, algumas vão ganhando forma no decorrer da leitura e parece que você já desvendou o que estava acontecendo.

 

Mas então, revelações imprevisíveis acontecem, mostrando um lado surpreendente e chocante.

 

Uma leitura intensa e impactante, que te faz suspeitar de todos e querer descobrir se alguém pode ser considerado inocente nessa história toda.

 

A escrita das autoras está incrível e você não vai conseguir largar esse livro, que mostra como a solidão pode te tornar suscetível e o quanto as pessoas são carentes de afeto e ansiosas por estar vivendo momentos com aquelas acolhedoras e admiráveis.

 

“No lugar errado, na hora errada” vai falar de coincidências, limites e escolhas.

 

Você sabe identificar até onde pode ir sem se tornar o que condena?

 

@fala.werneck_primimpnolugar

 

Este é o segundo thriller que eu leio das autoras e o título já intriga demais!

 

Shay é uma mulher que presencia uma pessoa tirando a própria vida de forma violenta em uma estação de metrô.

 

E quando ela começa a pesquisar e descobrir alguns detalhes da vida dessa mulher, percebe o quanto elas são parecidas. E isso a assusta muito.

 

Com algumas estatísticas e reflexões pessoais, a personagem nos mostra o quanto é solitária e carente de afeto.

 

Por isso que ela se envolve tão facilmente com as amigas da Amanda (a mulher que morreu) e tenta construir uma imagem que mostre o quanto ela pode ser parecida com elas e, consequentemente, entrar para o grupo.

 

Mas existe algo sinistro nessa amizade do grupo, essas mulheres parecem ser mais perigosas do que aparentam, ou estão apenas tentando fazer justiça com as próprias mãos?

 

Estou no capítulo 20 e criando várias teorias sobre o que elas podem estar tramando e o que pode ter feito com que a Amanda decidisse acabar com tudo assim.

 

Cassandra e Jane são irmãs e as que comandam esse grupo. Ainda que pareçam acolhedoras, elas são muito manipuladoras e choca a forma como tentam descobrir informações sobre a Shay.

 

Os capítulos alternam o ponto de vista da Shay e das irmãs, mostrando um pouco do passado também e nos ajudando a entender o que construiu a personalidade delas.

 

Vamos ver o que vem pela frente e quando iremos descobrir o que aconteceu para desestabilizar tanto a Amanda.

 

Eu tenho lido muitos romances contemporâneos ultimamente, então estava com saudades dos thrillers.

 

Você conhece a escrita das autoras?

 

Qual foi o último thriller que leu?

@fala.werneck

 

Gosto muito de poesia e adoro conhecer textos de novos autores, especialmente os nacionais.

 

O autor começa o livro nos explicando o porquê da escolha do nome e, realmente, todos nós vivenciamos essa experiência de nunca ter passado por alguma rua que, mesmo próxima, não faz parte do nosso trajeto.

 

Os poemas são repletos de rimas e o livro também possui pequenas histórias que nos falam sobre o que importa na vida e como devemos entender e também fortalecer o nosso interior.

 

Alguns poemas apresentam críticas sociais e outros falam do cotidiano.

 

Com sutileza, o autor mostra como tentamos enganar os outros (e nos enganar também) usando máscaras, que acabam nos afastando e impedindo que as pessoas realmente nos conheçam.

 

Não me canso de falar da beleza da poesia em permitir uma leitura particular para cada leitor.

 

A leitura do poema “Vale do Rio Amargo” é impactante, mas tenho certeza que será ainda mais para quem viveu a tragédia que aconteceu em Mariana em 2015.

 

E o poema do gato da Rita? Tadinho!

 

Sofreu, mas a força de viver foi maior e ele se adaptou.

 

Vou continuar a leitura para descobrir sobre o que mais os poemas falam.