Fala Werneck

ocafedapraia

 

Trechos

 

“Não se podia ser uma mocinha de Jane Austen 24 horas por dia, assim como não se podia ser o herói salvador de uma donzela aflita em horário integral.”

 

Talvez você nunca leia esta carta – talvez a vida tome rumos inesperados para nós duas e minhas palavras percam o sentido.”

 

“Concordei, rindo, por saber que nada daquilo aconteceria de fato, que era só uma dessas coisas bobas com que a gente concorda na hora.”

 

Ainda não está na hora de desistir. Eu continuaria a repetir isso para mim mesma até finalmente acreditar.”

 

“Lá estava eu, a donzela em perigo de novo, só que, dessa vez, não tinha precisado de um homem para me salvar. Dessa vez, o vilarejo inteiro havia corrido para me socorrer.”

 

“E então nos beijamos, e tive certeza de que era isso, esse era o meu ‘felizes para sempre’.”

 

texoscrueisdemaisparaseremlidosrapidamente

 

Trechos

 

“escrever é o ato, no entanto, mais corajoso que existe. você coloca uma arma contra a própria cabeça e às vezes dispara. a arma pode ser sua própria desesperança nas coisas. a fé ruindo feito qualquer prédio antigo do centro da cidade. a saudade de alguém que nunca esteve. e mesmo assim você escreve porque é o que te parece mais natural e inviolável, afinal, ninguém colocaria todos os edemas nas folhas de papel como você.”

 

“é justo que por vezes você fuja do terror do mundo porque ele é mau.

é justo que por vezes você se preserve em si mesmo porque nenhuma outra pessoa te resguardará tão bem como você.”

 

“aquela vez em que você ousou colocar pra fora tudo que te feria e a partir dali a vida se tornou mais compreensiva e o mundo menos mau você se lembra?”

 

“relações são sobre distinções que decidiram coexistir.”

 

“reciprocidade é sobre entender demandas, mas entender que o amor preenche tudo, no seu tempo – e enquanto seres humanos diferentes, a seu modo.”

 

“pessoas que abraçam todas as vertigens do mundo existem pra compensar toda a outra parte que é apressada e hostil.”

 

“as palavras foram as únicas a me observar chorando no quarto e me pegar no colo, colocar em uma superfície mansa, acariciar meus medos, sopros no coração.”

 

“alguém maduro o suficiente pra te lembrar que o amor se constrói juntos, mas que antes disso vem o próprio, que se constrói a duras penas.”

 

juntosparasempre

 

Primeira frase da página 100: “Se pegasse impulso, provavelmente conseguiria pulá-lo.”

 

Do que se trata o livro: É a continuação de “Quatro vidas de um cachorro”. Então agora que o Ethan morreu, Amigão continua com a Hannah e vai se aproximando da Clarity, neta dela. Ele acaba morrendo, mas renasce como uma cadelinha que irá viver com a Clarity, que já é uma adolescente.

 

O que está achando até agora? 

Mais uma vez, estou me envolvendo com a escrita do autor, que conta a história pelo ponto de vista do cachorro de uma maneira muito singela. Acompanhar a Molly e a Clarity é bonito, porque o amor que surge entre a menina e a cadelinha preenche parte do vazio que a jovem vive convivendo com a mãe.

 

O que está achando da personagem principal?

A Molly é uma fofinha! Uma cachorrinha inteligente e carinhosa, que não esqueceu o seu passado, sabe que cumpriu bem a sua missão com o Ethan, e que agora é o momento de uma nova missão, de trazer amor para a vida de outra pessoa.

 

Melhor quote até agora: “Ser abraçada daquele jeito fazia com que eu me sentisse segura, quentinha e amada.”

 

Vai continuar lendo?

Absolutamente! Preciso descobrir como a vida da Clarity vai seguir; e o seu relacionamento com a mãe, Gloria, será que vai melhorar? Os personagens são envolventes, e a maneira como a história é contada apresenta inocência, ainda que seja possível identificar as questões problemáticas da vida das pessoas e a maneira como elas lidam com tudo isso. Seres humanos são complexos, confusos e muitas vezes equivocados. Espero que a Molly traga parte do amor que a Clarity precisa, e que a jovem reconheça a importância do Trent na vida dela também.

 

Última frase da página 100: “- Mas… não acredito que você deixaria um cachorro passar fome.”

 

 

acincopassosdevoce

 

Trechos

 

“- Anime-se, Stella – digo enquanto caminho até a porta. – É só a vida. Vai acabar antes que a gente se dê conta.”

 

“Se eu vou morrer, gostaria de pelo menos viver primeiro.”

 

“Eu janto, desenho e vejo vídeos no YouTube, assim como eu costumava fazer para passar o tempo antes de Stella aparecer, mas agora tudo parece chato.”

 

“Sinto como se meu coração fosse explodir, de tantas coisas que estou sentindo ao mesmo tempo.”

 

“A única coisa pior do que não poder ficar com ela ou perto dela seria viver num mundo sem ela. Principalmente se fosse por minha culpa.”

 

“Estou cansada de não viver de verdade. Cansada de viver desejando coisas. Há muito na vida que não podemos ter. Mas podemos ter isso.”

 

“- É só a vida, Will. Vai acabar antes que a gente se dê conta.”

 

“Ela sai e eu seguro a mão da minha mãe enquanto ela chora, sabendo que fez tudo o que poderia fazer. Ninguém tem culpa disso.”

 

“- Segurança, conforto… é isso que sentimos no toque suave de um dedo, no roçar dos lábios numa bochecha macia – ela diz e eu levanto os olhos do iPad, observando o aeroporto lotado ao meu redor.”

 

“Precisamos desse contato de quem amamos, quase tanto quanto precisamos do ar pra respirar.”

 

abengaladechaplin

 

O processo criativo da escrita pode ser diferente para cada um, mas existem pontos similares como a busca de inspiração e as técnicas iniciais.

 

‘A bengala de Chaplin’ é um livro diferente, onde o autor apresenta exercícios de escrita e também elabora exemplos.

Durante todo esse início de escrita demonstrativa ele mostra a relevância das camadas de um personagem e os atrativos de uma história que não é linear.

Criando um personagem sem escrúpulos e uma vida desregrada (que já sabemos, terá um fim trágico), o autor cria algo que desperta a curiosidade. Como esse fisioterapeuta/escritor realmente se sente? Ele realmente ama as pessoas com quem se envolve? E afinal, ele se importa com alguém além dele mesmo?

 

Vamos descobrir como o Flavio irá direcionar esses exercícios e como continuará a história do Jackson.

Além de ser necessário refletir também sobre o que cada autor quer transmitir com sua obra. Que mensagem ele quer deixar, que alerta ele busca apresentar, ou talvez, ele “apenas” queira mostrar o que sente.

 

Escrever é incrível e pode impactar as outras pessoas de diferentes maneiras.

Você escreve? Quer escrever?

O que você quer mostrar ao mundo com a sua escrita?

quaseumarockstar

 

Trechos

 

“O momento apenas era – livre de emoções, julgamentos e de qualquer outra ilusão com que nós, humanos, sentimos a necessidade de associar a tudo que vivemos.”

 

“Está treinando a mente para permitir que as coisas existam sem toda a bagagem emocional complexa que as acompanha.

Tudo simplesmente é – sempre e para sempre.”

 

“- A vida continua – diz ele. – Não importa se escolhemos aproveitá-la ou não. Então é melhor você achar um jeito de aproveitar as partes que pode.”

 

“- Talvez, às vezes, em ocasiões específicas, de vez em quando, seja melhor capturar um momento diferente, porque talvez o momento presente não seja o certo. Às vezes é bom pensar que mais momentos estão sempre por vir. Sempre.”

 

 

umanoitecommarilynmonroe

 

Trechos

 

“- É preciso um semelhante para reconhecer outro semelhante, meu bem. Além disso, não há nada de tão errado assim em gostar de contos de fadas.”

 

“- Podemos, por favor – interrompo -, parar com os finais felizes de contos de fadas? Eu não estaria nessa confusão se não tivesse ficado tão apegada a malditos contos de fadas!”

 

“- No mundo real, você não consegue enxergar as coisas com clareza quando está envolvida demais. No mundo real, você passa os próximos trinta anos da sua vida sozinha enquanto outra mulher vive a vida que deveria ter tido, com o homem que você não consegue esquecer. Mas isso não renderia um filme muito divertido.”

 

assetemortesdeevelynhardcastle

 

Primeira frase da página 100: “A água esfriou há muito tempo, me deixando azulado e trêmulo.”

 

Do que se trata o livro: Uma pessoa, que não tem memórias, acorda numa floresta, passa o dia tentando descobrir quem é e o que aconteceu; mas as dúvidas só aumentam, e quando um novo dia surge, essa pessoa acorda em outro corpo. Há muitos mistérios envolvendo essa mudança de corpos e um assassinato.

 

O que está achando até agora? 

Um livro muito curioso, porque a medida que os corpos mudam, as coisas parecem fazer menos sentido ainda. Mesmo que essas vidas pareçam coexistir, como podem ser exatamente a mesma? Que mistério!

 

O que está achando do personagem principal?

Ainda não é possível defini-lo, mesmo que ele repreenda visivelmente hábitos rotineiros, que considera desprezíveis, de seus hospedeiros. Parece um homem que busca justiça, mas que está perdido neste emaranhado de questionamentos.

 

Melhor quote até agora: “Será que somos fragmentos da mesma alma, responsáveis pelos pecados uns dos outros, ou pessoas completamente diferentes, cópias apagadas de um original perdido há muito tempo?”

 

Vai continuar lendo?

Com muita empolgação! Quero saber quem realmente é essa pessoa, porque foi parar nesta festa bizarra e qual o real envolvimento do sinistro Médico da Peste, que parece saber tudo menos a solução do assassinato. De onde saíram essas pessoas e porque alguém mata a Evelyn? Será que os pais estão por trás de tudo isso para descobrir quem mais estava envolvido na morte do filho há 19 anos? Quantas questões…

 

Última frase da página 100: “São de um tamanho menor, vestem a vaidade de Ravencourt e não o seu corpo.”

 

projetoliterariocadadiaumconto

 

Cada dia um conto é o mais novo projeto literário aqui do Fala Werneck!

 

O objetivo é ler um conto por dia e comentar sobre essa leitura nos stories, para assim podermos pensar sobre essas narrativas curtas diferenciadas; ao final da leitura do livro, farei um post listando os melhores contos.

 

Quem aí tem vários livros de contos para participar também? Vamos ler juntos?

 

Os livros de contos que escolhi são bem diferentes e podem nos trazer diferentes reflexões. Espero que gostem!

 

  • Aconteceu naquele verão
  • Páginas do futuro
  • Nos idos de março
  • As verdades que ela não diz
  • Literatura africana em movimento (Agenda TAG 2020)

 

Participem comigo lendo os mesmos livros, ou com qualquer outro livro de contos que preferirem. Utilizem a #cadadiaumconto e podem conversar comigo e me marcar no Instagram @fala.werneck

 

cadadiaumconto

 

Fotor_157304327387969

 

Melhores poemas

 

“me conte

uma coisa

aqui entre nós:

você nunca

desejou

poder

dançar

em cima das cinzas

de todos aqueles que

sempre duvidaram

do seu valor

& debocharam

das suas palavras?

(shhh,

tudo bem,

não conto para ninguém.)

 

“existe

uma linha tênue

entre

ser

egoísta

e

ser

altruísta

&

na maioria dos dias

posso dizer

de que

lado

estou

&

na maioria dos dias?

eu não

ligo

– existem algumas coisas que tenho que fazer por mim.”

 

“quando nossas habilidades

se tornaram muitas,

eles tentaram nos trancar

na escuridão

sem ao menos

uma vela

para nos guiar.

mal

sabiam

que o nosso

fogo-raiva de mulher

iluminaria

nosso caminho para casa

muito bem

– você é o seu próprio farol.”

 

“os homens

muito frequentemente alegam

que somos

romances de mistério

com

um

simbolismo coletivo

ao mesmo tempo

muito frívolo

& difícil”

 

“é

porque

ela sabe

que todas as mulheres têm

sua magia própria

e única”

 

“você

acha

que seu corpo é,

em sua maior parte,

composto de

água,

mas,

na verdade

seu corpo é,

em sua maior parte,

composto de

poesia.

aonde quer que vá

você deixa pra trás

poças de

palavras

no seu

despertar.

junte os

pedaços

de si mesma

&

chame as

palavras de volta.

você merece

ser inteira de novo.”