Fala Werneck

todasassuasimperfeiçoes

 

Primeira frase da página 100: “Uma animadora de torcida vulgar.”

 

Do que se trata o livro: Conta a história de um casal que está vendo o casamento ruir pela dificuldade em ter filhos. A história reveza capítulos no passado e no presente, mostrando como o envolvimento deles começou e acompanhando a distância que existe agora entre os dois; o sofrimento e a dor de tudo que não é dito.

 

O que está achando até agora?

Mais uma vez, me sinto completamente envolvida pela escrita dessa autora. Já percebo que é uma história sensível sobre um dificuldade que muitos casais espalhados pelo mundo enfrentam. É bonito acompanhar o o amor deles surgindo, e ao mesmo tempo, é triste ver o afastamento cada vez maior que está existindo no convívio.

 

O que está achando da personagem principal?

A Quinn é uma mulher que ama a irmã, a mãe e o marido; sonha em ser mãe. E o sofrimento de se sentir incapaz de gerar um filho está fazendo com que ela se torne uma mulher amargurada e indiferente às pessoas que a cercam. Ela transfere seu próprio sentimento de insegurança e tristeza para o marido, sem sequer conversar direito com ele sobre isso. Ela está fazendo ruir, diariamente, o casamento deles e nem mesmo percebe.

 

Melhor quote até agora: “-Se você iluminar apena as suas imperfeições, todas as suas qualidades ficarão na sombra.”

 

Vai continuar lendo?

Quero continuar acompanhando o crescimento desse amor e também descobrir se eles conseguirão recuperar a fase boa do casamento. Quando ela perceberá que está machucando o marido e ela mesma diariamente? Será que não há mais volta para o ponto em que eles se encontram?

 

Última frase da página 100: “Compromisso eterno é que pega.”

 

Comentários (0)